Logotipo Real Gramas

Sobre a grama

Grama Bermuda Cynodondactylon

A Grama Bermudas é originalmente do Oriente Médio. Porém, como o nome é sugestivo, presume-se que esta grama tenha sido introduzido nas Américas através das Ilhas Bermuda no Caribe onde ela é uma espécie bastante invasiva. Ela é uma grama bastante resistente ao calor e à seca, à variações grandes de pH do solo além de tolerar bem a alta salinidade da água e solo e ao pisoteio intenso.

Esta grama também se estabelece facilmente em solos rasos e rochosos. Como ela forma um gramado bem denso, ela é muito utilizada em campos esportivos, especialmente em campos de golfe, futebol e hípicas. Uma vez que ela forma esse denso tapete e apresenta um crescimento rápido, ela é bastante resistente à infestações por ervas daninhas.

Características
A Grama Bermudas possui folhas estreitas, pequenas e pontiagudas, de coloração verde vivo atingindo cerca de 5 cm de altura.
A grama Bermudas tolera bem ao calor intenso, falta de água e pisoteio intensos. Dessa forma, ela é amplamente usada em gramados de climas temperados, especialmente em campos esportivos. Nos Estados Unidos, existe uma variante da Gramas Bermudas conhecida como Tifway-419. Esta grama é a principal grama usada em campos de futebol americano e golfe nas regiões desérticas do Sudoeste Americano e Planaltos do Sul, tais como o Arizona e Texas.

Onde plantar a grama bermudas?
A Grama Bermudas é amplamente usada em regiões de clima quente e é perfeita para:
– Campos Esportivos: Futebol, Golfe, Pólo, Críquete
– Jardins residenciais
– Condomínios
– Empresas
– Parques
– Beira de piscinas
– Locais de recreação e Playgrounds
– Regiões Litorâneas onde há maior concentração de sal no solo e água

Quando posso plantar a grama bermudas?
No Brasil, a Grama Bermudas pode ser plantada em qualquer época do ano uma vez que ela é resistente ao calor intenso do verão e à época de secas do inverno.

Como plantar a grama bermudas?
Antes de receber a grama: Prepare o local onde a grama será plantada retirando ervas daninhas, pedras, sujeira e entulhos. Tente preparar o solo de maneira mais uniforme possível sem desnível e “morrinhos”. Apesar de a Grama Bermudas crescer em solos rasos e rochosos, recomenda-se plantar a Grama Bermudas em solos férteis para o seu crescimento saudável. Em caso de dúvida, recomenda-se a consulta a um especialista de solos e engenheiro agrônomo para verificar e analisar o solo antes do plantio.
Transporte da grama: Geralmente, a Grama Bermudas é transportada em forma de placas de 40 cm x 125 cm na forma de rolos, que, além de facilitar o plantio, ela evita o dano à grama que poderá ser transportada por longas distâncias.
Ao adquirir a grama: uma vez descarregada, a grama deve ser plantada imediatamente e as placas colocadas lado-a-lado. Os pedaços menores de grama (retalhos) poderão ser utilizados para preencher as lacunas deixadas entre as placas de grama. Toda a área da grama plantada deve ser coberta com terra.
Uma vez plantada: a Grama Bermudas deve ser regada imediatamente, diariamente e fartamente nos primeiros 30 dias de plantio.
Uma vez o gramado estabelecido e adaptado ao solo: a Grama Bermudas pode ser regada semanalmente, de preferência usando-se irrigação automática para evitar perda excessiva da água e otimizar a irrigação homogênea da grama.
Podas: a Grama Bermudas pode ser podada quando a grama atingir 2 a 3 cm de altura, porém, se desejar, ela pode ser podada quando ela atingir 4 a 5cm de altura.
Adubação: Recomenda-se fazer adubação constante da Grama Bermudas uma vez a cada 6 meses para que a grama cresça saudável e bonita.

Cuidados especiais
A grama Bermudas deve ser cultivada a pleno sol, em solos férteis, com adubações semestrais e regas regulares, porém, ela resiste bem à seca, e portanto, pode sobreviver bem a regas irregulares.
A grama esmeralda deve ser aparada sempre que alcançar 2 a 3 cm. Recomenda-se fazer a apara da grama durante o período de verão e primavera, uma vez que o seu crescimento diminui durante o outono podendo entrar em dormência durante o inverno.

Ervas Daninhas
A Grama Bermudas é muito resistente à ervas daninhas uma vez que ela forma um denso gramado, além de tolerar bem a infestações por insetos. Se a Grama Bermudas sofrer algum dano, seja ela causada por pisoteio muito intenso, infestações de ervas daninhas e insetos, ela pode se recuperar e se restabelecer rapidamente.
Caso necessite, a Grama Bermudas tolera bem aplicações de herbicidas seletivos em caso de infestação por ervas daninhas.
Para mais informações sobre o combate às ervas daninhas, leia o artigo Como Combater as Ervas Daninhas.

Vantagens
• A Grama Bermudas se estabelece facilmente formando um denso gramado.
• A Grama Bermudas é muito resistente ao pisoteio. Assim, ela é muito utilizada para campos esportivos como futebol e golfe, em playgrounds e em áreas de tráfego intenso de pessoas como parques.
• A Grama Bermudas é resistente a ervas daninhas e a insetos,
• A Grama Bermudas tolera bem altas temperaturas e falta de água.
• A Grama Bermudas se adapta em vários tipos de solo, com grandes variações de pH: de ácido, neutro a pH básico (alcalino). Mas isso depende da região onde a grama é plantada, e portanto, a consulta a um especialista de solo ou agrônomo é sempre recomendada
• A Grama Bermudas requer menos irrigação comparada aos outros tipos de gramas.
• A Grama Bermudas é bem tolerante a sais, e portanto, o uso de água salobra e “pesada” é possível.
• A Grama Bermudas é ideal em regiões litorâneas, para jardins de casas de praia e condomínios perto da praia.
• A Grama Bermudas é a mais resistente em solos rasos e rochosos quando comparada às outras gramas.

Desvantagens
• Não é recomendado para áreas de muita sombra e regiões muito frias.

Formato
A grama Bermudas é cultivada em viveiros e é normalmente vendida na forma de placas (pallets ou páletes), mudas e rolos de 40 cm x 125 cm.

Deixe seu comentário